Um bom planejamento pode ajudar você a economizar tempo, dinheiro e ainda garantir seu cliente e sua sanidade

Quando se fala em economizar dinheiro, o planejamento é rei! Veja por exemplo as donas de casa que fazem listas de compras antes de ir ao mercado.

Seguir algumas etapas de trabalho antes de entrar de cabeça no design faz total diferença no resultado final de um projeto web. “Rascunhos” bem detalhados, originados a partir de brainstormings, permitem qye os detalhes do projeto sejam aprovados antes mesmo do código ou design. Isso já conteceu com você?

Ao esboçar a criação de um site, é possível levantar ideia para o design, estrutura e navegação do site, que provávelmente irá irá mostrar um grande volume de informação.

O planejamento em excesso é perda de tempo, mas a falta dele pode causar grandes problemas ao projeto. Se os tomadores de decisões forem os gerentes de marketing ou coisa parecida, eles podem não ter tempo para entender as mil e uma anotações do seu plano. Então tenha certeza de destacar os pontos importantes.

“Design de informação é tão importante durante o planejamento quanto durante a execução.”

Analisar a concorrência é parte do processo criativo. Você pode aprender muito com os erros e acertos de outros sites, por isso a importância de efetuar pesquisas.

Pensando no usuário

Se a necessidade dos seus usuários não forem preenchidas, você estará dando vantagem competitiva ao seu concorrente. Da mesma maneira, se força-los a fazer algo que não querem, perderam a confiança na sua marca e a paciência com seu site.

Seria bom que você planejasse como lidar com o gerenciamento estético e funcional de conteúdos e comportamento imprevisíveis.

O mapa do site (conhecido também como mapa mental) é talvez a ferramenta mais importante para estabelecer como sua arquitetura de informação irá funcionar. Nunca pule a criação de mapas do site, porque eles o ajudam a simplificar a experiência do usuário ao manter uma perspectiva ampla. Se a atenção necessária for dada a essa fase do planejamento, é possível que muitos erros sejam evitados.

Criação planejada

Os rascunhos, rafs ou mesmo os famosos wireframes são extremamente importante para se trabalhar o design. Similar aos storyboards tuilizados por diretores de filmes, os esboços permite que você comunique ideias de forma visual e confira se elas fazem sentido antes de qualquer produção criativa. Podem ser feito até no papel de pão 😉

Alé disso, você deve determinar se o site irá ser gerenciado e por quem. Você ou o cliente lidarão com isso?

Dicas interessantes

Ferramenta – O famoso PowerPoint não é exatamente uma aplicação ideal, mas sua popularidade permite que o planejamento seja compartilhado e editado por qualquer pessoa.

Usuários – Saber para quem você está criando o design e entender seu comportamento é o aspecto mais importante do planejamento.

Orçamento – Muitos designers pulam o planejamento por não terem feito a cotação necessária. Você pode calcular o que é possível criar, cortando fora ideia sem sentido, maximizar recursos, planejar fazer bom uso de APIs e bibliotecas disponíveis gratuitamente.

Tecnologia – A questão principal que impacta nas escolhas tecnológicas e a estrutura do site é a acessibilidade. Em geral, seguir diretrizes de acessibilidade é uma boa prática, mesmo que não constem no briefing.

O futuro – Garanta que seu plano não seja apenas para pôr um site no ar, que também inclua espaço para evolução, crescimento e novas tecnologias.

Para fechar…

Quando planejadas, as decisões acontecem sem grande surpresas e novos insgights reforçam o trabalho, encontrando aplicações específicas e gerando resultados que geralmente superam as expectativas. O melhor é que, projetos planejados, somam excelentes aprendizados para os próximos trabalhos.

E tenho dito: papel de pão é o que liga!

Bibliografia
Caderneta de Anotações do Mato Fino
Revista W, número 104 / março de 2009

Abale Desenvolvimento Web Anotações

Descubra o propósito da sua marca
Receba nossa newsletter e fique por dentro das novidades em Branding e Negócios.