O que você precisa saber para iniciar um site?

Depois de ver o post do @nagueva no Twitter, resolvi traduzir o texto publicado no Enrim Design Blog. São dicas interessantes que pode facilitar a vida de muitas pessoas.

Volta e meia vejo pessoas que não sabem por onde começar ou o que procurar quando se quer criar um site. E não é surpresa! Internet tem uma quantidade infinita de possibilidades e opções, é muito fácil se perder. Então decidi esboçar alguns passos que você pode tomar para chegar em um resultado interessante. O processo descrito a seguir pode ser diferente para cada indivíduo e/ou projeto, mas pode poupar algum tempo e dinheiro.

Antes de entrar em contato com um web designer ou agência, seria bom decidir uma meta principal para seu site? Quais seriam as possibilidades?

  • Promover seus serviços?
  • Promover os seus produtos?
  • Vender produtos?
  • Promover o suporte on line para os seus serviços?
  • Mantenha contato com clientes estabelecidos?
  • Atrair novos clientes e/ou negócios?
  • Mostrar seu trabalho?
  • Tudo ou combinação dos anteriores?

A definição do seu público anda de mãos dadas com seus objetivos:

  • Quem vai visitar o seu site?
  • O que eles estão procurando?
  • Qual é o seu público-alvo, que serviços deo oferecer (formulário de contato, comentários, etc)?

Depois de saber por quê você quer ter um site, tu deves começar a fazer algumas pesquisas e coletar idéias.

  • Visite o site do concorrente – avalie os elementos de comunicação e recursos que você gosta e considera que irá trabalhar no seu site.
  • Como é o site do seu concorrente? Qual o conteúdo? (por exemplo: home, quem somos, contato, serviços, etc)  – Você quer algo semelhante?
  • Visite blogs e sites de design para ver o estilo que sseu site se encaixa melhor.

Com base no exposto, decida que tipo de conteúdo que você irá oferecer aos usuários – lembre-se que sites são projetados em torno do conteúdo! Isso, bem como a forma como é estruturado, é o que vai atrair os visitantes e fazê-los ficar.

Pense periodicidade de atualizações do site. Se você quer tráfego (visitas), atualize sempre! Também considere se você gostaria de fazer as atualizações ou se prefere pagar alguém.

Uma vez que você decidiu o que gostaria de alcançar com o site, pondere sobre suas próprias habilidades e tempo para ver se irá necessitar de ajuda profissional para criar o que você tem em mente.

Ao procurar um web designer ou agência:

  • Certifique-se de ver o que esta empresa/ freelancer fez no passado e se você gosta do trabalho;
  • Peça referências e aconpanhe as atividades;
  • Descubra o que as pessoas dizem sobre os profissionais na agência ou do frelancer;
  • Tire suas dúvidas sobre a forma como a empresa / freelancer opera.

Depois de saber como elas funcionam, você pode decidir no que você se encaixa melhor.

Tipos de empresas que você pode encontrar em sua pesquisa:

  • Empresas de Outsourcing
    – Positivo: mais barato;
    – Negativo: geralmente são baseadas em países que não fala inglês, você poderá ter alguns problemas de comunicação e atrasos de tempo.
  • Nos grupos de casa web design
    – Positivo: realidade;
    – Negativo: muito caro.
  • Freelancers Autônomos
    – Positivo: depende! Freelancers podem ser boas opções, porque normalmente lhe dão atenção por um preço razoável. Estas são as pessoas que optaram por trabalhar por conta própria e muito provavelmente apreciam o seu negócio mais do que qualquer coisa no mundo.
    – Negativo: Infelizmente, um monte de freelancers ficam muito sobrecarregados e queimados. Portanto, você pode enfrentar alguns atrasos.

Uma vez que você pegou um web designer, você deve começar a pensar no nome de domínio e hospedagem. As possibilidades são: seu web designer será capaz de lhe dar algumas sugestões sobre o nome de domínio e também será capaz de fornecer-lhe hospedagem que será customizado para suas necessidades, combinada com um bom preço. Recomendo nunca registrar e hospedar o seu domínio em serviços baratos. Consulte seu profissional 😉

Uma vez que está no caminho – começe a trabalhar no conteúdo. Se preferir, ocntrate um redador ou jornalista. Providencie o conteúdo cedo! Um monte de atrasos acontecem porque o cliente não tem o conteúdo para colocar no site. Em outras palavras, mesmo que possa parecer que você tem muito tempo para fazê-lo, o desenvolvimento é feito com base no material existente. O conteúdo inicial também ajuda o designer durante a criação e estruturação do site.

Um último ponto, mas certamente não menos importante:

Expectativas. Depois de começar a trabalhar no seu site, não fique esperando para ser feito em um par de dias. Se você quer um produto de qualidade, vai levar tempo para construí-lo. Criar um bom site gera um monte de trabalho em ambos os lados – cliente e designer. Sempre esperamos um grande número de idas e vindas e um monte de brainstorming. Se você encontrou o designer ideal, ele vai se sentir bem para saltar fora de si, com idéias 🙂

Resumo:

  • Determine a finalidade do seu site;
  • Determine sua audiência;
  • Concorrência de pesquisa;
  • Pesquise opções de design;
  • Organize o conteúdo;
  • Pense em quantas vezes você vai atualizar o site;
  • Pese nas opções e, se possível, contrate um web designer;
  • Registre um bom domínio;
  • Trabalhe sobre o conteúdo.

Referências que podem lhe ajudar:

Definindo uma meta clara e específica para o seu site
Encontrar e trabalhar com um designer honesto

Eu adoraria ouvir o que você tem a dizer para deixar comentários com suas idéias e sugestões!

Valeu!

Abale Desenvolvimento Web Anotações

Descubra o propósito da sua marca
Receba nossa newsletter e fique por dentro das novidades em Branding e Negócios.